Press "Enter" to skip to content

O que é Mindset Fixo ou de Crescimento?

Luis Eduardo Galli 0

Olá Empreendedor(a) Educacional,

Mindset é uma palavra da língua inglesa que significa “Mentalidade” ou “Atitude Mental”, ou ainda, “Modelos Mentais”

Compartilho com vocês alguns insights interessantes que tive lendo o livro MINDSET – A nova psicologia do sucesso, escrito por Carol S. Dweck.

Nesse livro, a autora nos mostra que as pessoas, de um modo geral, se classificam em dois tipos, as de MINDSET FIXO e as de MINDSET DE CRESCIMENTO e todos os comportamentos estão ligados ao seu mindset, veremos as diferenças entre os dois tipos:

Mindset FIXO

É quando a pessoa parte da premissa de que sua inteligência e capacidade já estão definidas e quando isso ocorre, todos os eventos em sua vida vão validar ou invalidar essa capacidade FIXA e imutável, é a famosa síndrome de Gabriela, inspirado na música Gabriela da Gal Costa, segue um trecho:

Eu nasci assim, eu cresci assim,
E sou mesmo assim, vou ser sempre assim:
Gabriela, sempre Gabriela!
Quem me batizou, quem me nomeou,
Pouco me importou, é assim que eu sou
Gabriela, sempre Gabriela!

Essa visão de mundo acredita que viemos carimbados, que já temos uma carga de capacidade e inteligência pré-definida e que não podemos ter um comportamento e um desempenho além disso, isto é “vou ser sempre assim”. Segue outro trecho:

Eu sou sempre igual não desejo o mal
Amo o natural, etc e tal.
Gabriela, sempre Gabriela!

O Mindset fixo reforça que “sou sempre igual” portanto tenho que aceitar que independente das minhas experiências, minha medida de capacidade de sucesso será sempre a mesma.

Mindset de CRESCIMENTO

As pessoas que possuem o MINDSET de crescimento entendem que tudo pode ser mudado e que as experiências e etapas da vida é que vão moldando nossa capacidade e até nossa inteligência. Elas entendem que a vida é um processo, onde erramos e acertamos e um único evento não define quem somos.

Exemplo: João e Maria estudam na mesma classe da faculdade, após uma prova de matemática, os dois tiram nota 5, em uma prova que vale de 0 a 10. Vejam as reações de cada um, supondo que João tivesse um MINDSET FIXO e Maria um MINDSET DE CRESCIMENTO:

João (MINDSET FIXO): Minha nota foi horrível, eu sou um incapaz, tudo que tento fazer dá errado, acho que esse curso não é pra mim, quer saber, minha vida está fadada ao fracasso, pois se não consigo nem tirar uma simples nota maior na prova, como será quando eu vier a trabalhar no mercado, sou um fracassado mesmo!

Maria (MINDSET DE CRESCIMENTO: A nota 5 não é boa, mas também não é tão ruim, entendo que essa nota mostra o meu desempenho atual em uma prova e posso melhorar nisso, vou estudar e me esforçar mais para a prova seguinte.

Vejam que a abordagem foi muito diferente, João acaba definindo que “ele é nota 5” e projeta toda a sua vida baseada nessa nota, já Maria, entende que a nota somente mostra como foi essa prova e isso não define ela, pois acredita que notas boas ou ruins se devem ao esforço e olha para frente, planejando melhorar nas próximas. Ela também ficou triste, mas diferentemente do João, não foi contaminada pela nota e rapidamente foca na sequência, isto é, “bola pra frente”.

Imaginem como esses diferentes comportamentos vão moldando o futuro de João e de Maria durante a vida, pois todos temos situações boas e situações ruins e nosso comportamento perante elas vão definindo nosso sucesso e reforçando nossos mindsets.

Inteligência ou esforço

Mindset FIXO acredita que o sucesso está baseado somente na inteligência, isto é, ou eu sou inteligente ou não e isso definirá para sempre o meu sucesso, já no Mindset de CRESCIMENTO a definição de sucesso está baseado no esforço, mesmo que o nível de QI não seja dos melhores. Tem ainda o fato de que pessoas inteligentes encaram o esforço como algo negativo, pois se sou inteligente não preciso me esforçar, tenho “facilidade” em tudo e isso pode ser uma armadilha muito perigosa.

A maior invenção de Thomas Edison foi a lâmpada elétrica e sua frase mostra claramente como ele vê a questão do esforço:

“Um gênio se faz com um por cento de inspiração e noventa e nove de esforço”.

O esporte também nos mostra a importância do esforço, se você perguntar a um medalhista olímpico o que o levou a medalha de ouro, como certeza a resposta não estará ligada a algo nato, que já nasceu com ele, ou que é um sortudo, o que ele certamente dirá que treinou muito para ganhar, foram mais de 8 horas diárias, isto é, a medalha foi uma consequência de anos de esforço e dedicação.

Conclusão

A inteligência é importante, mas sem o esforço diário ela não valerá muito. Temos a condição de trabalhar nosso MINDSET para sermos pessoas que enfrentam o dia a dia de forma constante e que não se abalam por fracassos no meio do caminho. O sucesso não é algo instantâneo que está reservado aos “inteligentes”, ele pode ser conquistado por qualquer pessoa através do esforço e da constância. Além disso, devemos ter muito cuidado em definir o que realmente é sucesso, onde colocamos nosso coração, pois acredito que o sucesso é viver e enfrentar com amor e alegria o que cada dia nos propõe e o que virá será sempre uma consequência natural.

Reflexões:

No processo de invenção da lâmpada, quando Thomas Edison estava na tentativa de número 700, disse o seguinte:

“O quê? Não avançamos um só passo? Avançamos 700 passos rumo ao êxito final! Sabemos de 700 coisas que não deram certo! Estamos para além de 700 ilusões que mantínhamos anos atrás e que hoje não nos iludem mais. E a isso você chama perda de tempo?”.

Thomas Edison acabou inventando a lâmpada em 1879, aos 32 anos de idade, após 1.200 tentativas.

Mesmo que Thomas Edison não tivesse conseguido, ele continuaria sendo Thomas Edison!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *