Press "Enter" to skip to content

Dicas para escolher sua plataforma EAD

Wellinghton Camargo 0

Olá,

Escolher sua plataforma EAD corretamente é muito importante, por diversos fatores. Principalmente por ser a interface que conecta sua escola aos alunos.

A plataforma EAD que apresenta diferentes recursos, oferece ao aluno uma experiência de uso mais agradável e rica. Sendo uma importante ferramenta para a formação do aluno.

Afinal, uma plataforma EAD bem organizada, de uso intuitivo e repleta de recursos para auxiliar o aprendizado, é uma ferramenta que facilita o cotidiano de estudos.

Para que sua escola possa se destacar por ter escolhido a plataforma EAD ideal, nós elencamos algumas dicas. Elas devem ser aplicadas durante o processo de pesquisa da plataforma para começar a vender seus cursos online, confira!

Dicas práticas para escolher uma plataforma EAD de qualidade

Alguns critérios devem ser analisados na escolha da plataforma EAD que irá hospedar seus cursos, elencamos em formato de dicas aqueles aspectos que são fundamentais.

De modo que, seja possível conferir antes de contratar uma plataforma EAD, se ela realmente oferece as possibilidades necessárias para uma boa performance de seu aluno, confira!

1.      Proporcionar um bom ambiente de aprendizagem

O ambiente de aprendizagem virtual funciona como uma sala de aula online. Esse tipo de ambiente oferece todas as interfaces e ferramentas que o aluno irá usar para seu processo de aprendizado.

Quando o ambiente de aprendizado é bom, isso possibilita que a comunicação entre aluno e professor seja facilitada, por exemplo. De modo que, o aluno possa esclarecer dúvidas e participar das aulas.

Por isso, antes de elencar uma plataforma EAD como a ideal para seu curso, é preciso prestar atenção em sua usabilidade.

Quanto mais fácil é a usabilidade do ambiente de aprendizagem, ou seja, um ambiente organizado, fácil de navegar e com botões para as ferramentas necessárias, melhor é o aprendizado de seu aluno.

2.      Plataforma EAD responsiva

Em 2016, uma pesquisa do IBGE apontou que o celular já era o principal meio de acesso dos brasileiros à internet.

Portanto, é preciso que todo negócio pense em plataformas nas quais os clientes possam acessar usando o celular com naturalidade e facilidade.

Caso contrário, a plataforma fica bastante restritiva por não possibilitar um acesso fácil por meio de tablets ou celulares.

É importante que a plataforma seja responsiva para que a facilidade de acessar o conteúdo seja um diferencial da sua escola. Garantindo ao aluno que ele possa estudar sempre que houver um tempo livre.

3.      Ser uma plataforma EAD personalizável

Um conteúdo digital deve ser visualmente atraente para seus alunos. De modo que, o vídeo tenha qualidade, existam funcionalidades que melhoram a experiência de seu aluno e ele saiba que está fazendo um curso de sua instituição.

Ao personalizar as cores, a organização do conteúdo, a possibilidade de compartilhamento das informações e outros detalhes, o curso fica com a identidade da escola.

E isso é muito interessante para a escola em diferentes aspectos. Principalmente por reforçar na memória do aluno que aquele conteúdo de qualidade é da sua escola.

Bem como, ajudar a fortalecer o vínculo entre aluno e instituição. Aspecto que é fundamental quando se trata de um aluno que tem pouco ou nenhum contato com a escola presencialmente.

4.      Suportar vários formatos de conteúdo

Mesmo que o curso seja criado inicialmente com material em vídeo, é natural que em algum momento o professor queira disponibilizar materiais extras.

Listas de exercícios em PDF e materiais de apoio podem ser disponibilizados a partir de dúvidas de alunos. Contribuindo assim, para que o curso se torne ainda mais rico.

Por isso, é importante buscar uma plataforma com múltiplas ferramentas, para que o professor possa disponibilizar materiais em diferentes formatos.

Isso ajuda o aluno a se manter engajado com seu curso. De modo que, ele possa se comunicar com a escola sempre que houver alguma dúvida em relação ao curso.

Bem como, possa aproveitar os múltiplos formatos de conteúdo disponíveis para aprender ao máximo cada conteúdo.

5.      Ter planos com um bom custo benefício

Além de observar as funcionalidades da plataforma EAD, a escola precisa identificar se os planos disponíveis oferecem um bom custo benefício.

Tendo em vista que, a escola precisa investir na criação e edição de cursos, além do valor pago todos os meses para a plataforma.

O que faz com que existam custos variáveis e fixos que precisam ser analisados para que os cursos online sejam rentáveis para a escola.

Fazer uma análise detalhada de custos ajuda a escola a escolher uma plataforma que trará diferenciais para os alunos e apresenta um custo acessível de mensalidade.

Considere o que é melhor para sua escola

Cada escola trabalha com um formato de curso e um modelo de negócios, desde a captação dos alunos até a retenção desses alunos.

Afinal, é preciso conquistar o aluno para que ele faça a matrícula e também é importante prestar suporte para que ele conclua a formação EAD.

Tudo isso deve ser considerado quando estiver analisando a melhor plataforma para sua instituição. Cada escola profissionalizante tem a sua própria realidade de ensino.

Considerar as particularidades da sua escola vai te ajudar a identificar qual é a melhor plataforma para oferecer cursos EAD para centenas de alunos. Levando formação de qualidade para cada um deles.

Essas dicas práticas são somente um guia de aspectos que, frequentemente, passam despercebidos. E por isso, acabam afetando negativamente a experiência da escola e dos alunos.

Para evitar esse tipo de contratempo, é interessante ficar de olho nas possibilidades ofertadas pelo mercado e aproveitar para analisar cada um dos detalhes citados sobre as plataformas.

Aproveite o período destinado a conhecer plataformas e possibilidades, para testar gratuitamente a plataforma CrieSeuCurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *