Press "Enter" to skip to content

Cursos interativos: Compra por impulso X Compra por necessidade

Wellinghton Camargo 0

Olá, 

Recentemente em nosso canal falei sobre a diferença entre a compra por impulso e a compra por necessidade. Neste post quero trazer mais alguns exemplos para lhe ajudar a entender a diferença entre as formas de compra.

Compra por impulso

A compra por impulso é muito utilizada para produtos em geral, pois tem a intenção de fazer com que o consumidor efetue uma compra através de um benefício financeiro extremamente vantajoso. Para produtos de consumo, por exemplo, eletrodomésticos, essa estratégia funciona há anos e tem dado resultados para empresas desse segmento. 

Por mais que o consumidor não tenha tido tempo de pesar os prós e os contras de sua compra, ela já foi realizada, o produto está em sua casa para uso ou consumo, dificilmente o consumidor voltará para devolver o produto. 

Quando falamos de cursos, o processo é um pouco diferente, pois o pai, a mãe ou até mesmo o aluno (quando maior de idade) assume um compromisso mensal com a sua escola, para realizar o curso interativo. Com isso, quando o processo de vendas é baseado apenas no benefício financeiro, para fazer com que a pessoa se matricule em sua escola por impulso, a chance desse aluno cancelar o curso é muito maior.

Claro que esse cancelamento pode ocorrer com mais facilidade se você não tiver um processo de pós-venda bem estruturado, onde sua equipe trabalhará por um período no acompanhamento desse novo aluno, onde vocês possam continuamente reforçar a ótima escolha que ele fez e também lembrá-lo da importância de realizar o curso por completo, ou seja, até o fim.

Compra por necessidade

Quando falamos sobre compra por necessidade, a pessoa está muito mais preparada para a compra, pois como o próprio nome já diz, ela precisa comprar algo para resolver um problema que ela tem. Vamos imaginar uma pessoa que está em sua casa assistindo sua TV e de repente a TV para de funcionar, com isso essa pessoa precisa resolver esse problema, e a forma mais rápida para isso é comprando uma TV nova. 

Neste exemplo a pessoa compra a TV para resolver um problema e muita das vezes o valor não importará, pois ela precisa resolver aquela questão para poder voltar a assistir TV. 

Quando levamos isso para os cursos interativos que você oferece em sua escola, a pessoa precisa entender que o curso será o meio para algo importante para ela e com isso o valor se torna pequeno mediante ao resultado que ela irá obter lá na frente.

A missão de ensinar e ajudar pessoas

Quando a pessoa tem a necessidade de aprender algo, seja um Excel, Word, PowerPoint, ela precisa ir até o fim, por que ela precisa disso para resolver um problema que ela tem, seja de falta de conhecimento sobre a ferramenta apenas ou para conseguir algo que tanto deseja.

Quando o seu processo de vendas é focado em resolver o problema de alguém e não em trazer a venda pelo impulso, você valoriza ainda mais o seu trabalho e a médio/longo prazo sua escola não brigará mais por preço e terá alunos mais engajados e comprometidos com o ensino.

Se você acredita que este processo de vendas é o processo ideal para sua escola e deseja ter um sistema de ensino interativo robusto que ajudará você entregar um ensino interativo de qualidade para seus alunos, acesse o link: Conheça nosso método interativo e saiba como nossos cursos interativos presenciais e online podem ajudar sua escola. 

Um grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *