Press "Enter" to skip to content

A importância de investir em treinamentos

Equipe de Desenvolvimento 0

Olá,

Como você reage quando seus colaboradores precisam ser treinados? Você identifica isso como um custo ou investimento?

Treinar pessoas, é desenvolver habilidades necessárias para que desenvolva com excelência os trabalhos da organização. Portanto, é muito importante deixar claro, que se trata de um investimento e não de um custo. Investimento, porque, os treinamentos trazem muitos benefícios em todas as partes, é situação onde todos ganham, pois otimiza os trabalhos, aumenta a produtividade e melhora o processo.

Podemos dizer nesse sentido que, o prejuízo seria em deixar de investir em programas de aperfeiçoamento, pois fica se esperando que as atividades sejam realizadas apenas com o conhecimento que os colaboradores já possuem e as experiências de acertos e erros no dia a dia, o que pode trazer muitos malefícios para a empresa.

Para investir em programas de treinamentos, primeiramente é necessário identificar a necessidade (GAP), ou seja, como o colaborador ou a equipe está exercendo as suas atividades e o que é necessário fazer para que o trabalho seja realizado com excelência, ou seja, aquela profunda análise do estado atual X estado desejado.

Identificado o GAP, é hora de escolher a melhor forma de desenvolver as habilidades e abaixo, vou citar alguns tipos treinamentos utilizados hoje em dia:

Gamificação: Utilização dos recursos dos jogos em benefício do aprendizado, treinando de forma divertida. Hoje em dia, existem inúmeras possibilidades para gamificar as situações e as empresas investem nesse tipo de treinamento para despertar a curiosidade do colaborador.

Treinamento online: As empresas gostam muito de investir em treinamentos online pela praticidade que oferece para quem aplica e para quem recebe, pois pode ser feito de qualquer lugar e em qualquer hora.  A empresa também tem a possibilidade de investir em plataformas online, permitindo o acesso a todos os colaboradores, conforme a necessidade.

Programas de Mentoria: Nesse programa, a empresa pode escolher um ou mais colaboradores experientes para se tornarem multiplicadores, compartilhando o que sabem com os participantes, tendo como principal vantagem a possibilidade de transmitir o conhecimento prático adquiridos na experiência.

Coaching Empresarial: O processo de Coaching empresarial, serve para ajudar os profissionais a traçarem metas efetivas e ações direcionadas, desenvolvendo as habilidades de forma mais consistente e acelerada, através das ferramentas de Coaching, garantindo a assertividade do processo e mantendo um equilíbrio e alinhando aos objetivos estratégicos da organização.

Cursos de reciclagem: Nesse tipo de treinamento, o objetivo é atualizar os colaboradores, fornecendo treinamentos para que os colaboradores reforcem os conceitos do que já sabem e consigam visualizar um aperfeiçoamento nas atividades que já vem desenvolvendo.

Workshops ou palestras: São capacitações rápidas e com um foco definido, realizados por profissionais com domínio do assunto, pode ser realizado tanto online quanto presencial.

Citei alguns exemplos, mas em questão de treinamentos, o assunto é inesgotável.  O importante disso tudo mesmo é entender que treinamento é investimento.

Treinar é compartilhar ideias, permitindo que o colaborador se sinta mais engajado, pois ele percebe que está tendo a oportunidade de evoluir e que realmente faz parte do negócio, aumentando os resultados organizacionais e individuais.

Pense na sua empresa, analise os gaps, busque o tipo de treinamento ideal e comece já!

Lembre-se sempre, que são as pessoas que fazem as coisas acontecerem!

“Pior do que treinar um funcionário e ver ele sair, é não treinar e ver ele ficar”. (Ricardo Jordão Magalhães)

Um grande abraço e sucesso,

Rita Oliveira
Coach de Carreira | Recursos Humanos | Especialista em Desenvolvimento de Liderança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *